Gafe: Mandetta diz que recebeu pergunta feita por Ciro Nogueira por engano de Fábio Faria

Ex-ministro da Saúde do governo Jair Bolsonaro, Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) virou alvo de senadores governistas na CPI do Genocídio e revelou mais uma gafe do governo após o presidente do PP, Ciro Nogueira (PI), ler uma pergunta que, claramente, foi produzida pelo Palácio do Planalto.

Notícias relacionadas

“Meu caro senador Ciro Nogueira, ontem eu recebi essa pergunta, exatamente nessa íntegra, do ministro Fábio Faria (Comunicações). Acho que ele inadvertidamente mandou pra mim a pergunta, quando eu ia responder ele apagou a mensagem. Então eu vou responder para o senhor, mas também para o meu amigo, que foi parlamentar comigo, ministro Fábio Faria”, disse Mandetta, antes de começar a resposta.

Na pergunta, Ciro Nogueira tentou enquadrar Mandetta sobre recomendação atribuída ao ministro que teria orientado, no início das pandemia, as pessoas aguardarem para procurarem atendimento médico após testarem positivo para a Covid-19.

“Você chegou a recomendar que pessoas com sintomas leves da doença não procurassem atendimento médico. Elas deveriam permanecer em casa. E é uma frase até um pouco difícil de pessoas que querem acreditar na ciência: fazendo orações, tomando chá e canja de galinha”, disse Nogueira, resgatando frase do ex-ministro para tentar colocar em xeque seu discurso pró-ciência.

Deixe um comentário

Receba nossas notícias pelo Telegram

Seja Companheiro, faça sua doação ao PT de Ribeirão Preto